Classificados

Administração

Patrocinadores

 Visitem os Patrocinadores
dos Nobres do Grid
Seja um Patrocinador
dos Nobres do Grid
Autorama: A difícil parte técnica (Parte 1) PDF Print E-mail
Written by Administrator   
Thursday, 10 September 2015 21:20

Olá amigos do Site dos Nobres do Grid.

 

Assim como em todos os esportes, no autorama é preciso que o material de competição seja da melhor qualidade e isso envolve uma série de equipamentos para preparo do carrinho.

 

Vamos tratar apenas de material para slot cars, não abordando o material usado nas réplicas nem para carros-asa.  Para efeito de didática, começamos com o preparo do chassi.

 

Além dos modelos de chassi que apresentaremos, mostraremos alguns componentes fundamentais para o seu bom acerto e como fazer este acerto.

 

CHASSI:

Para cada circuito há um chassi que é mais rápido, contorna melhor as curvas, permite uma maior aceleração, etc. São muitos os modelos para cada uma das categorias como Falcon, Grupo 12, Grupo 27, Força Livre, Fórmulas, etc. Os fabricantes nacionais podem ser TWP, Red Fox, Lynx, B 52, entre outros.

 

De cima para baixo: Chassi B52 para grupo 12; Chassi Euro G27; Chassi TWP Fórmula; Chassi Estrela anos 70; Chassis 1:32 e 1:24 com motores diversos antigos. 

 

Tudo começa com o alinhamento do chassi no gabarito próprio; feito isso partimos para alinhar as buchas (mancais) traseiras, uma vez que não há buchas nem rodas dianteiras.  Há um jig (base) próprio com alinhador ou usa-se uma ferramenta separada para isso.  Os mancais devem ser bem soldados e alinhados com o eixo girando solto nos mesmos. A altura dos mancais depende do tipo de pneus, sua altura e da coroa que será usada.  Isso tem que ser definido antes.

 

De cima para baixo: Ferramenta de alinhar chass; Ferramenta de alinhar traseira; Ferramenta de alinhar mancais; Mancal de 6 mm.

 

O item seguinte é colocar e apertar a guia do chassi.  Tem que ficar perfeitamente reta, firme, porém movimentando-se livre. Há vários tipos de porcas de guia que melhor se adaptam a esta ou aquela marca de chassi/guia.  Uma ou mais arruelas devem ser colocadas entre a base do guia e o chassi, tudo de acordo com a altura da fenda da pista onde se vai correr. Os guias geralmente ter o eixo longo que deve ser cortado por causa da altura da carroceria na parte frontal que encosta no mesmo.

 

Acima, Guia TWP. Abaixo, Arruelas de guia.

 

Em seguida escolhe-se o eixo a ser usado, pois existem diversos tipos e marcas, com e sem chanfro, comprimento e dureza. Podem ser de metal de baixa densidade ou de aço rápido com alto grau de dureza que são os mais caros. São em 1/8 ou 3/32 e seu comprimento em geral é de 80 mm.

 

Acima, Eixo longo. Abaixo, Eixo de aço 3/32.

 

Colocado o eixo acerta-se a posição da coroa que pode ser reta ou angulada com pitchs diferentes como 64, 74, etc.; as coroas são de plástico ou de metal e podem ser para eixo de 1/8 ou de 3/32; o parafuso da coroa deve ser bem apertado, mas sem espanar o furo que é de alumínio; quando usadas com pinhões angulados, devem ser também anguladas para casamento perfeito. Entre a coroa e o mancal deve ser usada uma arruela que será 1/8 ou 3/32 de acordo com o eixo em uso.  Outras serão usadas entre a coroa e a roda e entre o chassi e a roda do outro lado lembrando que a largura deve ser (padrão) de 82 mm de roda a roda.

 

De cima para Baixo: Coroas; Coroa de metal Faas; Coroa de metal; Coroa 'Slick'.

Acima, Arruelas de eixo 1/8. Abaixo, Arruelas de eixo 3/32.

 

No próximo número falaremos de rodas e pneus que dão muito trabalho e influem diretamente no resultado da corrida.

 

Resultados na pista:

 

GUDUXUS VIU A 2ª ETAPA DA COPA PORSCHE 2º SEMESTRE

Carlos Alberto surpreendeu o campeão Pedro silva e ganhou a 2ª etapa da Copa Porsche do 2º semestre na pista da Guduxus.  Pedro foi 2º e o piloto internacional Alex Muniz ficou em 3º.

Acima, o resultado final. Abaixo, o Pódio, com Cal, Pedro Silva e Alex Muniz.

  

GTR RECEBEU A VISITA DE PILOTOS PAULISTAS

Pilotos paulistas liderados por Toninho, da Talladega Racing (pista paulista) estiveram no Rio para uma corrida de confraternização da pista da GTR com os carros de super-turismo.

 

De cima para baixo: Os paulistas da Talladega na loja GTR; o resultado da corrida; Os ganhadores das corridas, poles e seus troféus: Pedro Silva, Alex Muniz, Octavio Tatá, Álvaro Falcão, Roberto e Takinho.

 

Abraços,

 

Jorge Silva Ramos

 

 

 


Last Updated ( Thursday, 10 September 2015 22:20 )